A Qualicorp está somando forças com operadoras de saúde, prestadores médicos, entidades de classe e órgãos do governo para oferecer a você informação de qualidade sobre o novo coronavírus.

Confira, previna-se e mantenha a tranquilidade.

Assista à palestra do nosso superintendente médico.
O que é o novo coronavírus ou Covid-19?
Identificado na China em 31/12/2019, o vírus causa um resfriado comum, que pode evoluir para doenças respiratórias graves como pneumonia ou síndrome respiratória aguda. O nome coronavírus está relacionado a sua aparência de coroa.
Como o vírus é transmitido?

Período médio para manifestação da doença: entre 1 e 12 dias.

O tempo que uma pessoa infectada leva para transmitir o vírus é em média 7 dias após o início dos sintomas. Mas dados preliminares sugerem que a transmissão possa ocorrer, mesmo sem o aparecimento de sintomas. Portanto, fique atento às medidas de prevenção.

Conheça os sintomas
O novo coronavírus se manisfesta de maneira semelhante a uma gripe comum.
Proteger-se depende de você.
As medidas de prevenção da doença Covid-19 são as mesmas para evitar qualquer doença respiratória:
Quando buscar tratamento?
Ainda não existe vacina ou tratamento específico para a doença. Se você tem sintomas leves, fique em casa, em isolamento domiciliar por 14 dias. Mas é importante observar os sintomas e, em caso de piora, procurar atendimento hospitalar.

Fique em repouso e beba bastante água.

Além disso, é válido adotar outras medidas para aliviar os sintomas, conforme cada caso e a recomendação médica:
Uso de medicamento para dor e febre.
Uso de umidificador no quarto.

A internação é indicada somente para pacientes com febre e agravamento dos sintomas.

Já o isolamento domiciliar tem sido recomendado para casos de pessoas que, mesmo sem apresentar os sintomas, vieram de países* em que ocorreu a doença, há menos de 14 dias ou que tiveram contato com casos suspeitos ou confirmados.

Rotina de saúde em hospitais.
Caso você tenha procedimentos agendados em hospitais, como consultas, exames e cirurgias, que possam ser remarcados, considere adiá-los. Assim, você evita o ambiente hospitalar neste momento. Pessoas que fazem uso contínuo de remédios devem continuar com seus tratamentos e seguir as orientações médicas.
Faixa etária das vítimas

Idosos com doenças crônicas são os mais afetados.
A incidência é menor em crianças.


(dados de 17/02/2020, fonte: worldometer)

 

ATENÇÃO!

Idosos e pessoas com problemas de saúde, como doença cardiovascular, hipertensão, diabetes, doença respiratória crônica, câncer, entre outras, são mais vulneráveis.

 

O novo coronavírus
surgiu na China.
Batizado de 2019-nCoV, este vírus é uma variação da mesma família de outros coronavírus. Os mais conhecidos são o SARS-CoV (China, em 2002) e o MERS-CoV (Oriente Médio, em 2012).

As investigações sobre as formas de transmissão do coronavírus estão em andamento.
Ainda não está claro como o vírus saiu dos animais e contaminou seres humanos. Pesquisas diferentes relacionam a origem ao mercado de Wuhan, na China, a partir da cobra, do morcego ou do pangolim.